Rental Software - Vivorental.com

Info:
- Aluguel de Computadores para consultorios, com toda a suporte: Convex
- Aluguel de multifuncionais, com toner, cilindro e suporte: Convex
- Adovagados - Previdenciario, DPVAT, Civil, Familia e Criminal - em Sinop / MT
- CRM, Proposal, Contracts and Invoices Management tool for small business
- CRM FOR RENTAL COMPANIES

Bula Medicamento - Torval CR


Torval CR

Valproato de sódio/Ácido valpróico

Uso adulto


Indicações - Tratamento de epilepsia parcial ou generalizada, particularmente com os seguintes tipos de crises: ausência complexa (ou atípica), mioclônicas, tonicoclônicas, atônicas, mistas, assim como epilepsia parcial: crises simples ou complexas, secundárias generalizadas, síndromes específicas (West, Lennox-Gastaut).

Contra-indicações - Não deve ser administrado a pacientes com doença hepática significativa. Está contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade conhecida a esta droga.

Gravidez e lactação - Este medicamento não deve ser tomado por mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Precauções e advertências - Uma vez que este medicamento pode produzir depressão do sistema nervoso central (SNC), especialmente quando combinado com outras substâncias que apresentam o mesmo efeito (por exemplo, álcool), os pacientes não devem ocupar-se de tarefas de risco, como dirigir veículos ou operar máquinas perigosas, até que se tenha certeza de que estes pacientes não ficam sonolentos com o seu uso. Pacientes idosos: Como com qualquer outro produto usado para o tratamento de casos de epilepsia parcial ou generalizada, deve-se tomar cuidado no tratamento de idosos.

Interações medicamentosas - A composição de TORVAL CR tem interação medicamentosa com as medicações que afetam o nível de expressão das enzimas hepáticas, particularmente aquelas que elevam os níveis de glucuronil transferase, podendo aumentar a depuração de valproato. Também apresenta interações com as seguintes drogas: álcool, amitriptilina, ácido acetilsalicílico, carbamazepina, clorpromazina, clonazepam, clozapina, diazepam, etossuximida, felbamato, haloperidol, fenobarbital, fenitoína, lamotrigina, lorazepam, mefloquina, primidona, rifampicina, tolbutamida, imipramina e antidepressivos correlacionados, varfarina e zidovudina. É necessário consultar o texto integral da bula para as devidas informações e orientações com cada uma destas drogas.

Reações adversas - Como o valproato é freqüentemente administrado com outras medicações, não é possível estabelecer se os efeitos adversos são associados ao mesmo ou à combinação de medicações. Exemplos de reações adversas: Astenia, febre, mal-estar, calafrios, edema, náuseas, vômito, dor gástrica, hipotensão postural, hipertensão, palpitações, epistaxe, rinite, ataxia, diplopia, cefaléia, vertigem, confusão, queda passageira de cabelos, erupção cutânea, síndrome de Stevens-Johnson, pequenas elevações de TGO e TGP, trombocitopenia, falta de coordenação nos braços e pernas. Raramente podem ocorrer depressão, agressividade, fraqueza muscular e hepatotoxicidade.

Posologia - A dose inicial recomendada é de 10 a 15 mg/kg/dia, podendo ser aumentada em intervalos semanais de 5 a 10 mg/kg/dia, até que se obtenha o controle das convulsões ou até onde os efeitos colaterais permitam. A dose máxima recomendada é de 60 mg/kg/dia. Pode ser utilizado em dose única diária. O comprimido não deve ser dividido ou mastigado.

Superdosagem - Doses de valproato acima da recomendada podem resultar em sonolência, bloqueio cardíaco, hipotonia muscular, diminuição de reflexos, miose e/ou diminuição da função respiratória e coma profundo. O benefício da lavagem gástrica ou êmese varia com o tempo de ingestão. Medidas de suporte geral devem ser aplicadas, com particular atenção para a manutenção do fluxo urinário. O uso de naloxona pode ser útil para reverter os efeitos depressores de elevadas doses de ácido valpróico sobre o SNC. Devido à naloxona poder teoricamente reverter os efeitos antiepilépticos do ácido valpróico, deve ser usada com precaução em pacientes epilépticos.

Apresentações - Embalagens contendo 30 comprimidos de liberação controlada de 300 mg e 500 mg.

Venda Sob Prescrição Médica.

Só pode ser vendido com retenção de receita.

Produto de controle especial C1.

Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

TORVAL CR 300 mg: Registro no M.S. 1.0525.0018.0030.
TORVAL CR 500 mg: Registro no M.S. 1.0525.0018.0073.

TORRENT do Brasil Ltda.

O Clinicabr é um software para area de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Medico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulario Software Odontologico Acarsan Locao Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLOS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21