Rental Software - Vivorental.com

Info:
- Aluguel de Computadores para consultorios, com toda a suporte: Convex
- Aluguel de multifuncionais, com toner, cilindro e suporte: Convex
- Adovagados - Previdenciario, DPVAT, Civil, Familia e Criminal - em Sinop / MT
- CRM, Proposal, Contracts and Invoices Management tool for small business
- CRM FOR RENTAL COMPANIES

Bula Medicamento - Seis-B


Seis-B®

Cloridrato de piridoxina

Uso oral

Uso adulto e pediátrico


Forma farmacêutica e apresentações - Comprimidos de 100 mg: Caixa com 20 comprimidos. Comprimidos de 300 mg: Caixa com 20 comprimidos.

Indicações do medicamento - Na profilaxia e no tratamento dos estados de deficiência de piridoxina (vitamina B6): alcoolismo, queimaduras, distúrbios metabólicos congênitos (cistationúria, hiperoxalúria, homocistinúria, acidúria xanturênica), febre crônica, gastrectomia, hemodiálise, hipertireoidismo, infecções, doenças intestinais (celíaca, diarréia, enterite regional, espru), síndrome de má absorção associada a doenças hepáticas-biliares e estresse prolongado. Pode ser indicada quando houver o uso dos seguintes medicamentos: ciclosserina, etionamida, hidralazina, imunodepressores, isoniazida, penicilamina e anticoncepcionais orais contendo estrógenos, quando as pacientes apresentarem depressão ou outros distúrbios associados à pílula contraceptiva. A piridoxina está indicada também nos casos de síndrome de tensão pré-menstrual (STPM), onde se apresentem os seguintes sintomas: distensão abdominal, edema das extremidades, mastalgia, labilidade emocional (crise de choro espontâneo, ansiedade, depressão, irritabilidade), fadiga, letargia, constipação, acne, cefaléia e aumento do apetite.

Contra-indicações - Reações de hipersensibilidade à vitamina B6 ou aos constituintes da formulação.

Precauções e advertências - Megadoses (2 a 6 gramas/dia) durante vários meses podem causar neuropatias sensoriais graves. O cloridrato de piridoxina acelera a degradação da levodopa, reduzindo assim a eficácia desse medicamento. Pacientes em tratamento com levodopa devem receber doses adicionais de vitamina B6, a não ser que o tratamento com levodopa esteja associado com um inibidor de descarboxilase, quando não se produz a interação. Alterações em exames laboratoriais: A piridoxina pode causar falso-positivo na determinação do urobilinogênio quando se utiliza o reagente de Ehrlich. Gravidez e lactação: Grávidas expostas a doses altas de piridoxina (200 mg/dia por mais de 30 dias) podem produzir síndrome de dependência à piridoxina no recém-nascido. Pediatria: Não foram relatados problemas com a ingestão das doses normais diárias recomendadas. O uso de dosagens maiores em crianças deve obedecer a rigoroso controle e critério médicos.

Interações medicamentosas - Ocorrem interações bioquímicas entre o fosfato de piridoxal e certas drogas e toxinas. isoniazida, ciclosserina, etionamida, hidralazina, penicilaminas e imunossupressores são antagonistas da vitamina B6. O uso prolongado de quaisquer dessas drogas pode causar deficiência de vitamina B6, com conseqüente anemia ou neurite periférica. A administração de SEIS-B (cloridrato de piridoxina) reduz os efeitos colaterais neurológicos associados ao uso desses compostos. A piridoxina (vitamina B6) aumenta a descarboxilação periférica da levodopa e reduz a sua eficácia no tratamento da doença de Parkinson.

Reações adversas - Efeitos adversos de fato atribuíveis à piridoxina isoladamente são raramente relatados; como queixas de acidez estomacal, indigestão e náuseas só descritas com doses de 150 a 200 mg/dia, embora haja relato de neuropatias periféricas com a ingestão de 200 mg/dia por mais de 30 dias.

Posologia - Administrar os comprimidos com meio copo de água, sem mastigá-los. Adultos e crianças acima de 2 anos de idade: Síndrome da dependência de piridoxina: Iniciar com 25 a 600 mg/dia. Manutenção: 50 mg/dia, permanentemente. Adultos: Deficiência droga-induzida: Prevenção: 10 a 50 mg/dia (penicilamina) 100 a 300 mg/dia (ciclosserina, hidralazina, isoniazida). Tratamento: 50 a 200 mg/dia durante 3 semanas. Manutenção: 25 a 100 mg/dia, se necessário, para evitar reincidência. Alcoolismo: 50 mg/dia durante 2 a 4 semanas; se houver correção da anemia, o tratamento deve ser continuado indefinidamente para evitar reincidência. Anemia sideroblástica hereditária: 200 a 600 mg/dia, durante 1 a 2 meses. Em caso de resposta terapêutica, manter 30 a 50 mg/dia, permanentemente. Síndrome de tensão pré-mentrual: 50 a 200 mg ao dia nos 10 dias que precedem a menstruação. Depressão pelo uso de anticoncepcionais: 50 a 200 mg ao dia, por tempo indeterminado, a critério médico.

Venda Sob Prescrição Médica.

Registro no M.S. 1.0118.0154.

APSEN Farmacêutica S/A

O Clinicabr é um software para area de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Medico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulario Software Odontologico Acarsan Locao Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLOS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21