Bula Medicamento - Levoxin


Levoxin®

Levofloxacina

Uso oral

Uso adulto


Forma farmacêutica e apresentações - Comprimidos revestidos de 250 mg: Caixas com 3 e 7 comprimidos. Comprimidos revestidos de 500 mg: Caixas com 3, 7, 10 e 14 comprimidos.

Indicações do medicamento - LEVOXIN (levofloxacina) é indicado para o tratamento de adultos (³ 18 anos de idade) com infecções discretas, moderadas ou graves causadas por cepas de microrganismos sensíveis, conforme especificado a seguir. Infecções complicadas das vias urinárias (de discreta a moderada) causadas por Enterobacter cloacae, Enterobacter faecalis, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Proteus mirabilis ou Pseudomonas aeruginosa. Pielonefrite aguda (de discreta a moderada) causada por Escherichia coli. Sinusite maxilar aguda, exacerbação bacteriana aguda de bronquite crônica, pneumonia adquirida comunitariamente, infecções da pele e dos tecidos moles não-complicadas.

Contra-indicações - LEVOXIN (levofloxacina) é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade à levofloxacina ou a agentes antimicrobianos do grupo das quinolonas, ou aos componentes de formulação do produto.

Precauções e advertências - Gerais: Os pacientes devem ser mantidos adequadamente hidratados, para impedir a formação de urina muito concentrada. Na presença de insuficiência renal, LEVOXIN (levofloxacina) deve ser administrado com cuidado. A excessiva exposição à luz solar deve ser evitada. LEVOXIN (levofloxacina) deve ser usado com cuidado em pacientes com distúrbios conhecidos ou suspeitos do SNC. Gravidez: O uso de LEVOXIN (levofloxacina) não é recomendado na gravidez, admitindo-se apenas quando o benefício potencial à mãe superar o risco potencial ao feto, segundo o critério médico. Lactação: Devido ao potencial de causar reações adversas sérias em lactentes, deve-se decidir entre suspender a amamentação ou descontinuar a administração de levofloxacina, considerando a importância da droga para a mãe. Pediatria: A segurança e a eficácia em crianças e adolescente com menos de 18 anos de idade não foram estabelecidas. As quinolonas, inclusive a levofloxacina, causam artropatia e osteocondrose em animais imaturos de várias espécies. Alterações de valores laboratoriais: Glicose, sangue (concentrações podem ser aumentadas ou diminuídas). Linfócitos (contagens podem estar diminuídas).

Interações medicamentosas - Antiácidos, sucralfato, cátions metálicos, multivitamínicos. Agentes antidiabéticos. Drogas antiinflamatórias não-esteróides. Cimetidina ou probenecida. Diferentemente de outras fluoroquinolonas, a levofloxacina não altera a farmacocinética da ciclosporina, da digoxina, da teofilina ou da warfarina.

Reações adversas - As reações adversas relatadas, de acordo com a incidência e agravidade, foram: Incidência rara, mas indicam a necessidade de atenção médica: Estimulação do sistema nervoso central (SNC); reações de hipersensibilidade; fototoxicidade; colite pseudomembranosa; tendinite ou ruptura de tendão. Incidência menos freqüente, necessitando de atenção médica, somente se persistirem ou provocarem desconforto: Efeitos sobre o SNC; efeitos gastrintestinais; modificação do paladar; candidíase vaginal. Aqueles que indicam possível colite pseudomembranosa e a necessidade de atenção médica, se houver ocorrência após a suspensão da medicação: Câimbras e dores abdominais ou estomacais sérias; hipersensibilidade dolorosa abdominal; diarréia aquosa e grave, que pode também apresentar sangue; febre. Outras: Foram observadas anomalias oftalmológicas e anomalias laboratoriais sangüíneas.

Posologia - Informações gerais sobre a administração oral: Dose usual para adultos: A dose usual de LEVOXIN (levofloxacina) Comprimidos é de 500 mg, por via oral, a cada 24 horas. Estas recomendações aplicam-se a pacientes com função renal normal. No tratamento de: Pielonefrite: Oral, 250 mg a cada 24 horas, por 10 dias. Infecções das vias urinárias, bacterianas, complicadas: Oral, 250 mg a cada 24 horas, por 10 dias. A levofloxacina pode ser administrada com ou sem alimento.

Venda Sob Prescrição Médica.

Registro no M.S. 1.0118.0149.

APSEN Farmacêutica S/A.

O Clinicabr é um software para área de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
PanVel farmácias - www.panvel.com
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Médico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulário Software Odontológico Acarsan Loção Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLÓS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21