Hepatect CP bula medicamento - ClinicaBR


Rental Software - Vivorental.com

Info:
- Aluguel de Computadores para consultorios, com toda a suporte: Convex
- Aluguel de multifuncionais, com toner, cilindro e suporte: Convex
- Adovagados - Previdenciario, DPVAT, Civil, Familia e Criminal - em Sinop / MT
- CRM, Proposal, Contracts and Invoices Management tool for small business
- CRM FOR RENTAL COMPANIES

Bula Medicamento - Hepatect CP


Hepatect CP®

Imunoglobulina humana anti-hepatite B

Uso intravenoso

Uso restrito a hospitais

Uso pediátrico e adulto


Forma farmacêutica e apresentações - Ampola contendo 2 ml (100 UI). Frasco contendo 10 ml (500 UI). Frasco contendo 40 ml (2.000 UI).

Composição - 1 ml de solução contém: Proteína 50,0 mg (das quais a imunoglobulina humana representa pelo menos ³ 95%); Anticorpos HBs 50 UI; IgA £ 2,5 mg. Outros ingredientes: Glicina, água para injeção. A distribuição do IG em subclasses é aproximadamente a seguinte: 59% (IgG1), 36% (IgG2), 3% (IgG3), 2% (IgG4).

Informações técnicas - HEPATECT CP é uma preparação de imunoglobulina humana para administração intravenosa. Contém aproximadamente 50 mg de imunoglobulina humana (mais de 95% de igG e pequenas quantidades de IgA e IgM). A imunoglobulina humana é uma preparação estéril, filtrada, que contém todas as subclasses de imunoglobulina G, junto com quantidades menores de outras proteínas plasmáticas obtidas do plasma ou soro de doadores de sangue que demonstram ser sadios por exames clínicos e de laboratórios apropriados. A imunoglobulina humana é preparada de material reunido de no mínimo 1.000 doadores.

Indicações - Profilaxia da hepatite B: Adultos e crianças a partir de 2 anos de idade que não foram vacinados contra a hepatite B (incluem-se aqueles cujos atestados de vacina estejam incompletos ou extraviados); e que estejam expostos ao risco de infecção da hepatite B pelo contato com material virulento, como sangue, plasma ou soro. Adultos e crianças cuja capacidade de gerar resposta imune é fraca e não formaram anticorpos em quantidade mensurável contra a hepatite B, mesmo depois de 6 doses da vacina. De preferência, como profilaxia simultânea (passiva ou ativa) em combinação com a vacina contra hepatite B. A imunização básica iniciada desta maneira deverá ser complementada durante os meses subseqüentes, de acordo com as instruções do fabricante da vacina. Após ser exposto à contaminação, o paciente deverá receber uma dose adicional da vacina contra hepatite B, juntamente com a administração de HEPATECT CP. HEPATECT CP não é indicado quando a pessoa exposta ao risco foi vacinada contra a hepatite B e comprovadamente formou-se um número suficiente de anticorpos (no mínimo 10 UI/litro de soro). Se não for possível determinar o valor de anti-HBsAg no prazo de 24 horas, é necessária uma profilaxia simultânea (vacina e imunoglobulina). Não há experiências com administração a recém-nascidos. Deve-se documentar cuidadosamente a administração de imunoglobulina e vacina, bem como os resultados de determinação dos anticorpos. Profilaxia da reinfecção em transplantes de fígado de pacientes HBsAg-positivos.

Contra-indicações - Hipersensibilidade à imunoglobulina humana, especialmente nos casos raros em que há falta de imunoglobulina (IgA) no sangue; e que tenham se formado anticorpos contra IgA. Hipersensibilidade a outros ingredientes do produto.

Posologia - Nos casos de exposição a qualquer tipo de material com antígeno HBs: 8 UI a 10 UI (0,16 a 0,20 ml) de HEPATECT CP por via intravenosa, por kg de peso corporal, tão logo quanto possível, porém, no mais tardar, dentro do prazo de 72 horas. A dosagem deverá ser repetida em intervalos de 2 meses, a menos que a determinação de anticorpos que é realizada mensalmente indique que é necessário administrar mais cedo. No caso de haver perigo de contaminação, continuar o esquema de imunização até ocorrer uma soroconversão anti-HBs. Não é mais necessária a administração passiva após formação ativa de anticorpos anti-HBs. Profilaxia da reinfecção em transplantes de fígado em pacientes HBsAg-positivos: Infundir 10.000 UI (200 ml) de HEPATECT CP por via intravenosa, durante a fase do transplante em que o paciente está sem o fígado. Infundir 2.000 UI (40 ml) de HEPATECT CP por via intravenosa, diariamente, durante 7 dias subseqüentes ao transplante. No tratamento que se segue após o transplante, deve ser mantido um nível de soro de, no mínimo, 100 UI/I, controlando mensalmente o nível do soro anti-HBs. O tratamento deve durar pelo menos 6 meses.

Produzido por Biotest Pharma GmbH.

Registro no M.S. 1.0914.0015.003-3 (2 ml).
Registro no M.S. 1.0914.0015.004-1 (10 ml).
Registro no M.S. 1.0914.0015.005-1 (40 ml).

Importado e distribuído por:
MARCOS PEDRILSON Produtos Hospitalares Ltda.

O Clinicabr é um software para area de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Medico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulario Software Odontologico Acarsan Locao Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLOS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21