Rental Software - Vivorental.com

Info:
- Aluguel de Computadores para consultorios, com toda a suporte: Convex
- Aluguel de multifuncionais, com toner, cilindro e suporte: Convex
- Adovagados - Previdenciario, DPVAT, Civil, Familia e Criminal - em Sinop / MT
- CRM, Proposal, Contracts and Invoices Management tool for small business
- CRM FOR RENTAL COMPANIES

Bula Medicamento - GAMAGLOBULINA HUMANA PASTEURIZADA GRIFOLS


GAMAGLOBULINA HUMANA PASTEURIZADA GRIFOLS
320 MG (2 ML) E 800 MG (5 ML) (Grifols).

Imunoglobulina humana normal

Solução injetável

Composição
Princípio ativo: GAMAGLOBULINA HUMANA PASTEURIZADA GRIFOLS 320 MG (2 ml): Imunoglobulina humana normal 320 mg; (Proteínas humanas 288-352 mg); (Proporção imunoglobulina humana ³ 95% Ig). Excipientes: Glicina, cloreto de sódio, água para injeção q.s.p. 2 ml. GAMAGLOBULINA HUMANA PASTEURIZADA GRIFOLS 800 MG (5 ml): Imunoglobulina humana normal 800 mg; (Proteínas humanas 720-880 mg); (Proporção imunoglobulina humana ³ 95% Ig). Excipientes: Glicina, cloreto de sódio, água para injeção q.s.p. 5 ml.

Indicações
Profilaxia de hepatite A antes da exposição no caso de viajantes que se desloquem a zonas endêmicas de hepatite A ou em pessoas expostas nos últimos 7 dias. Profilaxia ou atenuação do sarampo em pessoas expostas nos últimos 7 dias, caso não se disponha de imunoglobulina específica anti-sarampo. Profilaxia da rubéola em mulheres suscetíveis grávidas dentro das 72 horas após a exposição, caso não se disponha da imunoglobulina específica da rubéola. Este tratamento poderia eliminar os sintomas na mãe sem evitar a infeção ou viremia que desta maneira poderia estar mascarada. Terapia de reposição para pacientes com síndrome de deficiência de anticorpos devido a uma síntese deficiente tanto primária como secundária.

Contra-indicações
Intolerância às imunoglobulinas homólogas. Resposta alérgica a algum dos componentes. A GAMAGLOBULINA HUMANA PASTEURIZADA GRIFOLS não deve ser administrada em pacientes com trombocitopenia severa ou qualquer problema de coagulação que desaconselhe as injeções intramusculares.

Reações adversas
Pode-se observar dor local e aumento da sensibilidade no local da injeção; o que pode ser prevenido, dividindo-se as doses elevadas em várias injeções aplicadas em diferentes regiões anatômicas. Ocasionalmente pode aparecer febre, reações cutâneas e calafrios. Em raras ocasiões foram descritas: náuseas, vômitos, hipotensão, taquicardia e reações alérgicas ou anafiláticas, incluindo o choque. Quando se administram medicamentos derivados de sangue ou plasma humanos, não se pode excluir totalmente a aparição de enfermidades decorrentes da transmissão de agentes infecciosos. Caso se observe qualquer outra reação adversa, não descrita anteriormente, consulte seu médico ou farmacêutico.

Posologia
Injeção intramuscular lenta. Se forem necessárias doses elevadas (³ 5 ml), aconselha-se sua administração dividida em doses fracionadas e em diferentes regiões anatômicas. Sugere-se a seguinte posologia como referência: Hepatite A: Recomenda-se uma dose de 0,02 ml/kg de peso corporal como prevenção de hepatite A em pessoas que tenham estado em contato com o enfermo (doméstico ou hospitalar). Em pessoas que vão viajar a zonas endêmicas, a imunoglobulina humana normal será administrada quando não possa ser administrada a vacina ou quando a viagem ocorra antes de que se tenha produzido a resposta imunitária (2 a 3 semanas). Recomenda-se uma dose de 0,02 ml/kg de peso corporal para uma estadia de menos de 3 meses. Para uma estadia de 3 meses ou mais, recomenda-se 0,06 ml/kg do peso corporal (repetir a cada 4-6 meses). Sarampo: Administrar uma dose de 0,25 ml/kg de peso corporal para prevenir ou atenuar o sarampo em pessoas suscetíveis expostas nos últimos 7 dias. Deve-se administrar 0,5 ml/kg de peso corporal no caso de crianças expostas ao contágio que sejam suscetíveis e imunodeprimidas. Rubéola: Para mulheres expostas no princípio da gestação devem ser administrados 20 ml. Terapia de reposição: A imunoglobulina humana normal pode prevenir infecções severas em pacientes com deficiências de imunoglobulinas caso se mantenha os níveis de IgG circulante aproximadamente em 2 g/l de plasma. A dose habitual consiste em uma dose de carga de 0,66 ml/kg (100 mg/kg) do peso corporal administrada a cada 3 ou 4 semanas. Administra-se uma dose dupla ao início do tratamento. Esta dose deve ser ajustada para manter um nível aproximado de IgG circulante de 2 g/l.

Apresentação
Solução injetável contendo 2 ou 5 ml de solução a 16% de imunoglobulina humana normal.

O Clinicabr é um software para area de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Medico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulario Software Odontologico Acarsan Locao Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLOS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21