Colchis bula medicamento - ClinicaBR


Rental Software - Vivorental.com

Info:
- Aluguel de Computadores para consultorios, com toda a suporte: Convex
- Aluguel de multifuncionais, com toner, cilindro e suporte: Convex
- Adovagados - Previdenciario, DPVAT, Civil, Familia e Criminal - em Sinop / MT
- CRM, Proposal, Contracts and Invoices Management tool for small business
- CRM FOR RENTAL COMPANIES

Bula Medicamento - Colchis


Colchis®

Colchicina

Uso oral

Uso adulto


Forma farmacêutica e apresentações - Comprimidos de 0,5 mg: Caixa com 20 comprimidos. Comprimidos de 1 mg: Caixa com 20 comprimidos.

Indicações do medicamento - Antiinflamatório indicado no tratamento das crises agudas de gota e na prevenção das crises agudas nos doentes crônicos (artrite gotosa aguda e crônica).A colchicoterapia pode ser indicada em casos de escleroderma, poliartrite da sarcoidose e psoríase ou febre familiar do Mediterrâneo.

Contra-indicações - Nas insuficiências renais, hepáticas ou cardíacas severas e durante a gravidez.

Precauções e advertências - No tratamento de ataque deve-se avaliar com atenção os casos de insuficiência renal ou hepatobiliar; proceder à contagem sangüínea completa periodicamente, para detectar depressão da medula óssea; e em caso de diarréia ou colopatia evolutiva utilizar com moderadores do trânsito intestinal ou com antidiarréicos. No tratamento em longo prazo, com doses de 0,5 mg a 1,0 mg, as complicações são muito raras. Por precaução, avaliar as possíveis reações adversas apresentadas pelo paciente. Gravidez: As pacientes devem ser orientadas para não engravidar durante o tratamento e o médico deve avaliar o risco/benefício do uso da droga. Lactação: O médico deve avaliar o risco/benefício do uso de colchicina. Pediatria: Não se têm dados sobre a segurança do uso em crianças. Geriatria: Os pacientes idosos podem ser mais sensíveis à toxicidade cumulativa da colchicina. Odontologia: A colchicina pode produzir efeitos leucopênicos e trombocitopênicos, que podem provocar aumento da incidência de infecção microbiana, retardo de cicatrização e hemorragia gengival. O paciente deve ser orientado para a limpeza adequada dos dentes e o tratamento deve ser interrompido até o retorno da normalidade sangüínea.

Interações medicamentosas - A colchicina interage com os medicamentos neoplásicos rapidamente citolíticos, bumetamida, diazóxido, diuréticos tiazídicos, furosemida, pirazinamida ou triantereno, medicamentos que produzem discrasias sangüíneas ou da radioterapia, fenilbutazona, vitamina B12, bebidas alcoólicas.

Reações adversas - Os distúrbios digestivos diarréia, náuseas e, mais raramente, vômitos são os primeiros sinais de superdosagem e impõem a redução das doses ou a interrupção do tratamento. Raramente podem ocorrer problemas hematológicos como leucopenia ou neutropenia. Excepcionalmente verifica-se a azoospermia, que é reversível com a interrupção do tratamento. Outras reações relatadas foram urticária e erupções cutâneas; debilidade muscular e urina sanguinolenta.

Posologia - A colchicina deve ser administrada ao primeiro sinal de ataque agudo de gota. A dose deve ser reduzida se ocorrer debilidade muscular, náuseas, vômitos ou diarréia. O intervalo entre as doses deve ser aumentado nos pacientes crônicos, cuja taxa de filtração glomerular seja menos do que 10 ml/minuto. Deve-se levar em consideração, ao administrar colchicina, a sua estreita margem de segurança. A quantidade total de colchicina que se necessita para controlar a dor e a inflamação, durante um ataque agudo de gota, oscila habitualmente entre 4 a 10 mg. Adultos-antigotosos: Prevenção: 1 comprimido de 0,5 mg (500 mcg), uma a três vezes ao dia. Os pacientes com gota submetidos à cirurgia devem tomar 1 comprimido três vezes ao dia, durante 3 dias antes e 3 dias depois da intervenção cirúrgica. Tratamento (alívio do ataque agudo): Oral, inicialmente 0,5 mg a 1,5 mg, seguido de 1 comprimido a intervalos de 1 hora ou de 2 horas, até que ocorra o alívio da dor ou apareçam náuseas, vômitos ou diarréia. A dose máxima alcançada deve ser de 10 mg. Os pacientes crônicos podem continuar o tratamento com 2 comprimidos ao dia por até 3 meses, a critério médico.

Venda Sob Prescrição Médica.

COLCHIS 0,5 mg: Registro no M.S. 1.0118.0109.
COLCHIS 1 mg: Registro no M.S. 1.0118.0595.

APSEN Farmacêutica S/A.

O Clinicabr é um software para area de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Medico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulario Software Odontologico Acarsan Locao Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLOS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21