Rental Software - Vivorental.com

Info:
- Aluguel de Computadores para consultorios, com toda a suporte: Convex
- Aluguel de multifuncionais, com toner, cilindro e suporte: Convex
- Adovagados - Previdenciario, DPVAT, Civil, Familia e Criminal - em Sinop / MT
- CRM, Proposal, Contracts and Invoices Management tool for small business
- CRM FOR RENTAL COMPANIES

Bula Medicamento - Choragon


Choragon®

Gonadotropina coriônica

Uso adulto e pediátrico


Formas farmacêuticas - CHORAGON® 5.000 UI: Caixas com 3 ampolas de pó liofilizado contendo 5.000 UI de gonadotropina coriônica humana (HCG) e 3 ampolas de diluente de 1 ml. Para injeção IM após preparo da solução. CHORAGON® 1.500 UI: Caixas com 3 ampolas de pó liofilizado contendo 1.500 UI de gonadotropina coriônica humana (HCG) e 3 ampolas de diluente de 1 ml. Para injeção IM após preparo da solução.

Indicações - Na mulher: Indução da ovulação após estimulação do crescimento folicular. No homem: a) Hipogonadismo hipogonadotrófico. b) Puberdade retardada associada com insuficiência da função gonadotrófica pituitária. c) Criptorquidismo, sem obstrução anatômica. d) Esterilidade em certos casos de deficiência da espermatogênese.

Contra-indicações - a) Hipersensibilidade aos componentes da fórmula. b) História ou suspeita de tumores andrógenos dependentes, como carcinoma prostático ou carcinoma mamário no homem. c) Em casos em que a descida do testículo não ocorre devido a fatores obstrutivos. d) Em pacientes com hiperestimulação nos ovários.

Precauções e advertências - O tratamento de pacientes masculinos com HCG conduz ao aumento da produção de andrógenos. Conseqüentemente: HCG deverá ser usado cautelosamente em meninos pré-púberes, para evitar a soldadura prematura da epífise ou desenvolvimento sexual precoce. Os pacientes com insuficiência cardíaca latente ou manifesta, disfunção renal, hipertensão, epilepsia ou enxaqueca (ou um histórico dessas condições) deverão ser acompanhados, uma vez que a retenção de água e sal tem sido observada após a administração de altas doses de hCG. Na mulher: a) Quando do tratamento de infertilidade anovulatória usando menotropina pode haver aumento excessivo dos níveis estrogênicos. Nesse caso, o HCG não deverá ser administrado, pois há riscos de se produzir a síndrome de hiperestimulação ovariana.

Reações adversas - As possíveis reações adversas são: a) hiperestimulação dos ovários após a aplicação combinada de CHORAGON® e clomifeno, podendo levar a formação de cistos ovarianos que tendem a ruptura, ascite, hidrotórax e tromboembolismo. b) ginecomastia temporária ou por um longo período de tempo; c) acnes vulgaris e também retenção hidro-eletrolítica; d) aumento no tamanho do pênis e das ereções; e) em meninos, podem ocorrer leves mudanças emocionais no período de tratamento.

Posologia - Dependerá sempre da idade e peso do paciente, conforme prescrição médica. De modo geral podem ser recomendados os seguintes esquemas posológicos: Na mulher: Indução da ovulação após estimulação do crescimento folicular: Usualmente 1 ou 2 ampolas correspondendo a 5.000-10.000 UI para completar o tratamento com menotropina. Poderão ser administradas injeções de 5.000 UI (no máximo 3 injeções) durante os 9 dias seguintes do tratamento inicial para prevenir a insuficiência do corpo lúteo. No homem e na criança: Hipogonadismo hipogonadotrófico: 1.000-2.000 UI, 2-3 vezes por semana em combinação com menotropina por alguns meses. Como alternativa, pode ser administrado 1.000 até 3.000 UI duas vezes por semana. Puberdade retardada associada com insuficiência da função gonadotrófica hipofisária: 1.500 UI, 2-3 vezes por semana, por pelo menos 6 semanas. Criptorquidismo sem origem de obstrução anatômica: Abaixo de 6 anos de idade: 500-1.000 UI, 2 vezes por semana, por 6 semanas. Acima de 6 anos de idade: 1.500 UI, 2 vezes por semana, por um período superior a 3 semanas. Se necessário, esse tratamento pode ser repetido. Esterilidade em certos casos de deficiência de espermatogênese: Usualmente, 3.000 UI por semana em combinação com menotropina (Menopur®).

Modo de usar - Abrir a ampola do diluente, aspirar o seu conteúdo (1 ml) em seringa esterilizada; introduzir na ampola contendo o pó de CHORAGON® e agitar. Completada a dissolução, aspirar o líquido e injetar no músculo imediatamente. A solução reconstituída não deve ser armazenada.

Conduta na superdosagem - Os sintomas da superdosagem são os mesmos das reações adversas.

Cuidados de armazenagem - O produto deverá ser mantido em local fresco até 20º C e protegido da luz. Após a reconstituição da suspensão a mesma deverá ser aplicada imediatamente.

Venda Sob Prescrição Médica.

SAC: 0800-7724656.

CHORAGON® 1.500 UI: Registro no M.S. 1.2876.0003.001-1.
CHORAGON® 5.000 UI: Registro no M.S. 1.2876.0003.002-8.

Laboratórios FERRING Ltda.

O Clinicabr é um software para area de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Medico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulario Software Odontologico Acarsan Locao Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLOS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21