Rental Software - Vivorental.com

Info:
- Aluguel de Computadores para consultorios, com toda a suporte: Convex
- Aluguel de multifuncionais, com toner, cilindro e suporte: Convex
- Adovagados - Previdenciario, DPVAT, Civil, Familia e Criminal - em Sinop / MT
- CRM, Proposal, Contracts and Invoices Management tool for small business
- CRM FOR RENTAL COMPANIES

Bula Medicamento - ACTPARIN


ACTPARIN (Bergamo).

Heparina sódica

Composição
Cada ampola de ACTPARIN 5.000 UI/0,25 ml contém: Heparina sódica 5.000 UI; Água para injeção q.s.p. 0,25 ml. Cada ml de ACTPARIN 5.000 UI/ml contém: Heparina sódica 5.000 UI; Cloreto de sódio 320,0 mg; Álcool benzílico 9,0 mg; Água para injeção q.s.p. 1,0 ml.

Indicações
Em todos os casos em que seja necessária a inibição ou retardamento da coagulação sangüínea: trombose, ameaça de trombose e embolia pulmonar. Prevenção das tromboses pós-operatório. Infarto do miocárdio. Heparinização do sangue em caso de necessidade de circulação extracorpórea e de rim artificial, profilaxia e tratamento da hiperlipidemia.

Contra-indicações
O uso de ACTPARIN é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade à heparina sódica; cirurgias cerebrais; acidente vascular periférico; endocardites bacterianas agudas; em pacientes acometidos de qualquer lesão hemorrágica em atividade (p. ex.: úlcera gastroduodenal); pacientes com distúrbios de coagulação (p. ex.: hemofilia, hipofibrinogenemia, trombopenia, etc.).

Reações adversas
As reações adversas da heparina são raras e incluem alopecia, ruborização e reações alérgicas. A osteoporose tem sido observada após uso a longo prazo. A trombocitopenia vem sendo descrita com maior freqüência e tem talvez uma base imunológica, ACTPARIN deve ser suspensa se isso ocorre. Mais recentemente vem sendo relatada a ocorrência de trombose arterial (periférica, cerebral e miocárdica) durante a terapêutica heparínica; alguns desses pacientes apresentavam trombocitopenia. Outras reações: elevação das transaminases, manifestações hemorrágica e hipereosinofilia. Interferência em exames laboratoriais: As seguintes informações sobre interferência no diagnóstico foram selecionadas em função de sua possibilidade e importância clínica. Com resultados de provas de diagnóstico: Estudos de visualização do conteúdo sangüíneo: A heparina pode alterar as imagens do conteúdo sangüíneo ao reduzir a marcação radioativa dos eritrócitos com Tecnécio [99mTc]. Teste de captação de fibrinogênio marcado com [125I]: A heparina pode produzir resultados falsamente negativos da prova em pacientes com trombose em formação ativa ou estabelecida. Cintilografia plaquetária com oxiquinolenia marcada com índio [111In]: Deve-se considerar a possibilidade de produzir resultados falsamente negativos em pacientes tratados com heparina. Teste de tempo de protrombina em uma fase: As injeções intravenosas únicas ou as injeções subcutâneas de doses terapêuticas máximas de heparina podem prolongar consideravelmente o tempo de protrombina por causa das concentrações elevadas de heparina no sangue. No entanto, as doses profiláticas habituais (baixas) de heparina administradas por via subcutânea ou as doses terapêuticas máximas administradas por infusão intravenosa contínua geralmente não aumentam o tempo de protrombina em mais de alguns segundos. Para minimizar os problemas, extrair o sangue para o teste do tempo de protrombina, justo antes, ou pelo menos 5 horas depois da administração de uma dose única intravenosa ou de 12 a 24 horas depois da injeção subcutânea de uma dose terapêutica completa. Visualização por isótopos radioativos empregando azul coloidal marcado com Tecnécio: A heparina pode reduzir a quantidade de azul coloidal marcado com Tecnécio que chega ao lugar estudado provocando o acúmulo de radiomarcador nos pulmões, provavelmente por aumento do número de macrófagos intravasculares livres. Visualização do esqueleto por isótopo radioativo: A heparina cálcica administrada por via subcutânea pode produzir acumulação extra-óssea de Tecnécio, com o qual interfere nos resultados do teste caso se injete perto do lugar que está sendo estudado, a interferência supõe precipitação de cálcio, que pode-se produzir caso sua concentração no tecido supere os limites de solubilidade e portanto, não ocorre com heparina sódica administrada por via subcutânea. Teste de função da tireóide pode produzir aumento das concentrações de tiroxina sérica, dependendo do método usado no teste; além disso, pode aumentar a captação de T3 na resina. Com valores fisiológicos/analíticos. Concentração de ácidos graxos livres no plasma pode aumentar. Concentração de triglicerídeos no plasma pode diminuir. Atividade da alanina-aminotransferase (ALT [SGPT]) e aspartato-aminotransferase (AST [SGOT]) no soro: Atividade destas enzimas pode aumentar durante o tratamento com heparina e certo tempo depois, a utilidade das determinações destas enzimas no diagnóstico diferencial do infarto do miocárdio, embolismo pulmonar e enfermidade hepática pode ser menor por esta causa. Concentrações de colesterol no soro pode diminuir com doses 15.000 a 20.000 unidades USP de heparina.

Posologia
Adultos: A dose diária de ACTPARIN não deve ser inferior a 40.000 UI. Injeções intravenosas intermitentes: Trombose e embolia pulmonar (casos benignos e de mediana gravidade): A dose diária é de 40.000 a 50.000 UI, divididas em 3 ou 4 aplicações. A dose da primeira injeção da manhã e da última à noite deve ser mais elevada que as injeções aplicadas durante o dia. Nas tromboses graves e nas embolias: A dose diária pode ser aumentada até 80.000 UI, aplicada IV, a cada 6 horas. Nos casos em que a vida do paciente está em perigo, é preciso administrar imediatamente 25.000 UI, via IV, seguidas, se o perigo subsistir, administrar 20.000 UI, a cada 4 horas, num total diário de 125.000 UI. Infarto do miocárdio (tratamento precoce): Nas primeiras 48 horas 15.000 UI, via IV, a cada 6 horas, de acordo com o valor inicial do teste de Quick, a seguir 4 a 6 comprimidos de 3 mg de hidroxicumarina no 1o dia e 2 a 4 comprimidos no 2o dia. Estas doses devem ser administradas até se ter conseguido a melhoria objetiva que em geral ocorre ao final de 2-3 dias. A dose diária de manutenção jamais deve ser inferior a 40.000 UI de heparina sódica. Perfusão endovenosa: Na perfusão IV, a dose diária é em geral de 25.000 a 30.000 UI, mas pode ser aumentada nos casos de trombose grave e embolia pulmonar. Após o início da perfusão e sobretudo nos casos graves, é aconselhável injetar IV uma dose única de 5.000 a 10.000 UI. Ao final de um tratamento fibrinolítico pela estreptoquinase, por exemplo, um tratamento por anticoagulantes deve ser continuado e a heparina sódica está particularmente indicada em perfusão IV em dose de 10.000 UI, durante as primeiras 12 horas, com controle de tempo da trombina. Circulação extracorpórea: Administrar 150 a 300 UI por kg de peso corporal. A heparinização do sangue introduzido no coração-pulmão artificial deve ser à razão de 1.500 a 2.000 UI por 500 ml de sangue. Rim artificial: A dose de heparina sódica depende dos resultados dos testes de coagulação, uma vez que não é raro a insuficiência renal ser acompanhada de distúrbios de coagulação. Profilaxia e tratamento da hiperlipidemia: Administrar 2.500 a 50.000 UI, via IV ou SC, 2 ou 3 vezes por semana, durante alguns meses, podendo caso necessário ser repetido o tratamento. Pediátrico: Dosagem a critério médico.

Apresentação
Solução injetável: ACTPARIN 5.000 UI/0,25 ml: Embalagem com 25 ampolas contendo 0,25 ml (para uso subcutâneo). ACTPARIN 5.000 UI/ml: Embalagem com 5 frascos-ampolas contendo 5 ml (5.000 UI/ml = 25.000 UI), para uso intravenoso.

O Clinicabr é um software para area de saúde. Para consultar a venda de remédios, sugerimos alguns sites populares na internet. Farmácias e drogarias on line:

Farmagora - www.farmagora.com.br
Farmadelivery - www.farmadelivery.com.br
Netfarma - www.netfarma.com.br
Ultrafarma - www.ultrafarma.com.br
Drogaria Minas Brasil - www.drogariaminasbrasil.com.br
Onofre - www.onofre.com.br

Informamos que esta se destina unicamente para consultas e que o uso de medicamentos sem orientação adequada pode trazer riscos a saúde. O ClinicaBR recomenda a todos os pacientes a procurarem sempre uma orientação médica.

Acidex VIAGRA MICROVLAR SALONPAS GEL Cialis Adegrip TYLENOL Adeforte Uni Vir Creme Software Medico Rivotril Novalgina Adriblastina Rd Puran T4 Advil Adalat Retard Acular Acrosin Bulario Software Odontologico Acarsan Locao Ad-element Cadastrar Dorflex Aerolin CID-10 Absten S HIPOGLOS Ad-til Accuvit NEOSALDINA Acticalcin Acne-aid BUSCOPAN Adalat Ciclo 21